quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

A cidade borboleta...

É um beija-flor? Um avião?
Não, é apenas uma borboleta!
Com suas asas balanceadas
Num vento seco que a percorre.
Se esconde ao ver a chuva,
Mas esta logo se acaba
E torna o vento a soprar.
Sopram os sonhos de outrora:
Voar livre e feliz para sempre!
As dificuldades estão presentes,
Mas sempre existe essa vontade
De lutar e vencer os predadores,
Que tentam a devorar diariamente,
Mas a fortalecem e a fazem crescer.
Já se faz um gigante inseto
Que inseticidas não atingem,
O sistema de defesa está ligado
E as veias fluem seu líquido viscoso
Que a fazem ser viva e forte
E a cada alvorecer na alvorada
Plana alto na vontade de viver
Mais e mais anos de sua
Grande vida.

5 comentários:

  1. adoro o jeito como voc escreve. beijooo

    ResponderExcluir
  2. Olá!!!
    Adorei o seu blog e o jeito que tem de escrever!!!
    Meus parabéns!!!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  3. Oie ^^
    Passei por aqui, por ando te devendo umas visitas (Já ta ficando feio pra mim) e pra dizer que sempre venho aqui dar uma lida nos seus textos que estão cada dia melhores!! Beijos te adoro e adoro seus textos =**

    ResponderExcluir
  4. Ah dá uma olhada no meu novo blog http://letrasedevaneios.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. ~ Nhá como sempre, ótimo né?! Adoro seu jeito de escrever e espero anciosa por suas novas postagens :D

    ResponderExcluir